segunda-feira, julho 07, 2008

"Se ela dança eu danço."


Quem conhece a origem dessa foto sabe que qualquer coisa que eu escreva aqui vai ser menos, bem menos do que ela merece.
.
Patrícia-Lisa-Maria-Galega-Diaba-Rainha-do-Bailinho: meu lugar.

5 comentários:

Paty disse...

Eu tava lendo aqui e chorei. Não foi de alegria, não foi de tristeza. Foi de ausência. Qualquer coisa que sente saudade e ainda falta. Qualquer coisa que merece, precisa e pede por mais uma 'colisão'.Pra perder e encontrar. Pra eu me perder e você me encontrar. E aí voltamos e sentamos no banco de sempre, você fuma seu cigarro e fala um palavrão, comentamos sobre o dia em que berrei por me assustar com um cachorro e você riu. E depois você se assustou com o vento que levantou sua saia, no melhor estilo Marlyn Monroe Paulista, e eu? Eu ri. Rimos e selamos com um selinho o reencontro. Mando lembranças às suas netas e você promete me contar o segredo da receita de pão de ló. E seguimos cada uma por uma rua, torcendo em silêncio para de novo encontrarmos em uma esquina qualquer. Pra de novo eu ser seu lugar e você, o meu.

Paty disse...

E é claro que eu tinha de esquecer do i de Marylin. Afinal, sabemos que a perfeição só faz estragos...



E eu não esqueci de dizer que te amo. Não precisa, cada vírgula e palavra mal escrita aqui, foi amor. Aquele mesmo que nunca soubemos explicar...

Paty disse...

PUTA QUE PARIU!


Agora eu fodi com toda a atmosfera romantiCUzinha que tentei criar.

marilyn monroe
marilyn monroe
marilyn monroe
marilyn monroe
marilyn monroe
marilyn monroe
marilyn monroe

Sete vezes que é pra não errar duas vezes seguidas.

Paty disse...

Reparou como eu disse com convicção que esqueci do i de MARYLIN?




Toupeiras são simpáticas, né amor?

Fe disse...

É esse, exatamente esse, o amor que ninguém é capaz de entender e ninguém, além de duas confusas-exageradas-dramáticas-imaturas-impulsivas-e-docemente-loucas, é capaz de sentir.

Eu te espero até o dia em que você resolver aparecer, com seus cabelos brancos, seu xale roxo e seu eterno blush vermelho-cereja, não importa, nesse dia eu vou te apresentar aos meus netos como a história mais bonita da minha vida.

Eu nos espero, e o mundo não pode ser assim tão cruel.